Notícia

::: As Nire articulam-se com outras no Amapá :::

Na avaliação de O-É Paiakan Kaiapó: "Foi muito importante esse nosso intercâmbio com as mulheres indígenas do Amapá. Nos fez amadurecer a construção da 1° Assembléia das mulheres Mẽbêngôkre-Kayapó que agrega 31 aldeias associadas à AFP nas TI's Kayapo, Mekrangoti e Las Casas.”


Nos dias 29 a 31 de Julho, na aldeia Manga - TI Uaçá, ocorreu o Grande Encontro de Mulheres Indígenas de Oiapoque: plantas medicinais, territórios e mudanças climáticas, organizado pela Associação de Mulheres Indígenas em Mutirão - AMIM, que representa mulheres dos 4 povos da região: Galibi-Kalinã, Galibi-Marworno, Karipuna e Palikur. Participaram como convidadas mulheres de organizações dos povos Mebengokré/Kayapó, Waiana, Apalai, Tiriyó, Kaxuyana, Kaiabi, Krikati, Yanonami, Yawanawa, Nukini, Kaxinawa, Tariano, Tukano, Macuxi e Wapichana, além de uma representante do Quilombo do Rosa de Macapá-AP. O evento contou com o apoio da Fundação Rainforest da Noruega, FUNAI - Coordenação Regional Amapá e Norte do Pará, do Instituto de Formação e Pesquisa Indígena-Iepé e da Rede de Cooperação Amazônica-RCA.


Foi um encontro muito proveitoso que contou com muitas atividades, entre as quais merecem destaque: o compartilhamento de experiências sobre as diversas trajetórias de luta das participantes no movimento indígena e de mulheres. Houve palestras de acadêmicas indígenas sobre seus direitos, violência doméstica e Lei Maria da Penha. Realizaram-se oficinas de artesanato, pintura corporal e trocas de conhecimento sobre tratamentos de saúde tradicionais e parto natural. Visitou-se uma roça Karipuna, com debates sobre os impactos das mudanças climáticas nas atividades produtivas e partilha de saberes sobre o cultivo de alimentos. Na apresentação das representantes da Associação Floresta Protegida, com O-É Paiakan Kaiapo e Tuire Kayapó, falamos sobre: As novas configurações do papel da mulher Kayapó na sociedade.


Na avaliação de O-É Paiakan Kaiapó: "Foi muito importante esse nosso intercâmbio com as mulheres indígenas do Amapá. Nos fez amadurecer a construção da 1° Assembléia das mulheres Mẽbêngôkre-Kayapó que agrega 31 aldeias associadas à AFP nas TI's Kayapo, Mekrangoti e Las Casas.”


Assesoria de Comunicação - AFP & O-e Kaiapó