ARTESANATO

A cultura material dos Kayapó é muito conhecida por sua beleza e originalidade, percebidas através dos traços de sua pintura, as combinações coloridas dos trabalhos em miçanga, os trançados de palha de seus cestos. A confecção de objetos e adornos é uma atividade prazerosa que faz parte do dia-a-dia da maioria das famílias Kayapó e a precisão em cada detalhe traz a marca de um conhecimento ancestral, transmitido de geração a geração desde tempos imemoriais. Para valorizar e fomentar a produção artística Kayapó, a Associação Floresta Protegida em parceria com a CooBaY iniciou em 2012 um trabalho de estruturação da cadeia produtiva do artesanato. Este trabalho envolve a organização social das comunidades, precificação participativa, acesso a mercados diferenciados e justos, registro dos processos produtivos e resgate do conhecimentos dos mebenget (os mais velhos). Nosso o objetivo é fornecer uma fonte não sazonal e sustentável de renda, um tipo de renda que é bem distribuída pelas comunidades e que contribui para valorizar e promover a beleza da cultura Kayapó no Brasil e no mundo.

Em 2015 realizamos importantes passos para agregar valor à esta iniciativa. Um foi a criação de uma marca, através de oficinas participativas tanto nas aldeias quanto em reuniões de lideranças e caciques. O nome Meprodjà foi eleito, a marca e a identidade visual já foram desenvolvidas e serão lançadas em breve. Paralelamente montamos uma loja para venda de artesanato no varejo em nossa sede. A loja está aberta a visitação e há uma grande diversidade de produtos à venda. Iniciamos também a produção de vídeos para compor a “Série Artesanato Kayapó”, onde cada vídeo curto conta sobre um produto do artesanato e suas histórias. Já lançamos 3 vídeos desta série, que podem ser assistido aqui.

Imagens relacionadas a este projeto: