A Associação Floresta Protegida, em nome dos caciques mebengôkre (kayapó) das 20 aldeias que representa, manifesta solidariedade e apoio aos parentes de luta que estão ocupando o canteiro de obra de Belo Monte; e repúdio ao governo federal pela vergonhosa falta de respeito com os povos indígenas deste país.

Nós nunca aceitamos Belo Monte, e não engolimos esta usina, estamos lutando há muitos anos e não é por que começaram a obra que vamos desistir.

Dia 03 de junho começa uma reunião, na beira do rio Xingu, com centenas de caciques e guerreiros de todas as aldeias kayapó do Pará e do Mato-Grosso para organizar nossa estratégia de luta. Podem contar com nosso apoio, e nós contamos com o de vocês também. A briga é dura, mas unidos nós temos mais força.

http://ocupacaobelomonte.wordpress.com/